fbpx

5 dicas para administrar BEM o seu intercâmbio

Verbos irregulares em inglês – Dicas para aprender de uma vez por todas
26/06/2019
Como um intercâmbio vai enriquecer o seu currículo
15/07/2019

5 dicas para administrar BEM o seu intercâmbio

Os motivos que levam uma pessoa a fazer intercâmbio são muitos: aprender um idioma, conhecer uma cultura, fazer amizades, estar mais preparado para o mercado de trabalho, se tornar mais independente, etc. 

Mas seja qual for o motivo que te leve a optar por essa experiência, todo mundo deseja aproveitar o máximo do que ela tem a oferecer! Sem passar por perrengues, a ideia é curtir CADA MINUTO, trazendo de volta para casa somente lembranças agradáveis e muito aprendizado. 

E foi pensando nisso que separamos 3 dicas beeeem explicadinhas que vão tornar o seu intercâmbio O MELHOR DE TODOS. Vem com a gente!

1- Preste atenção no dinheiro

Na maioria das vezes, quem faz intercâmbio, viaja com o dinheiro contado. Isso significa que os gastos não podem ser totalmente livres, sem nenhum tipo de controle. Uma desorganização financeira pode fazer com que falte dinheiro para despesas básicas e isso pode causar bastante dor de cabeça ao intercambista.

Por isso, preste atenção nas dicas que vão te ajudar a controlar o “dim dim” e a curtir os passeios sem stress:

1- Pagar o que for possível com antecedência

Para não ter preocupações “extras” durante o intercâmbio, já resolva tudo o que puder antes de viajar! Esse é o caso de gastos com passagens e cursos que você já sabe que vai fazer, por exemplo. Acertando essas despesas, você já diminui bastante a lista de gastos que podem te preocupar nos seus dias de diversão!

2- Fazer uma planilha de gastos pessoais

Um bom planejamento financeiro, alinhado a uma planilha de gastos, é a chave para ter um intercâmbio bem estruturado e sem imprevistos chatos.

Por isso, antes de viajar, faça uma estimativa de quanto vai gastar com cada aspecto da sua vida (acomodação, transporte, alimentação, etc). No começo do mês, já separe o dinheiro para os gastos fixos, o que vai impedir que você não consiga pagá-los mais para frente. Depois, anote tudo o que você for gastando na planilha, que pode ser feita à mão ou através de aplicativos de controle financeiro, lembrando sempre de permanecer dentro da estimativa feita antes do início da viagem. 

Essa ferramenta vai te ajudar a identificar onde você está gastando mais do que deveria, ou se poderia gastar mais em alguns aspectos. Além disso, ela garante que você nunca fique sem dinheiro para os seus gastos essenciais!

3- Ter dinheiro em diversas formas

Você nunca sabe quando o seu cartão pode não passar! Ou se a loja que você está não aceita determinada forma de pagamento… Por isso, esteja prevenido. Carregue sempre consigo uma pequena quantia de dinheiro vivo, além dos cartões ou outras formas de pagamento que estiver utilizando.

Além disso, na hora de fazer uma compra, não se esqueça de fazer a conversão do dinheiro local para o Real. Se você não fizer essa transformação da forma correta, você não vai saber calcular o quanto você realmente está gastando e também pode correr o risco de comprar coisas caras achando que estão super baratinhas!

Neste item, também cabe outra dica: cuidado com o cartão de crédito. Apesar da sua praticidade, ele faz com que você perca a noção do quanto está sendo gasto.

4– Tome cuidado com as questões burocráticas

Depois de escolher o seu destino internacional, pesquise sobre os documentos que você precisa para entrar e permanecer no país. Certifique-se de que o seu passaporte está dentro da data de validade e se o país que você vai exige que você providencie visto. Sobre essas questões, tire todas as dúvidas que tiver com a agência que está intermediando a sua viagem e deixe tudo organizadinho BEM ANTES do dia da viagem. 

Sobre a agência, também é importante lembrar a necessidade de escolher uma empresa confiável. Pesquise o histórico dela na internet e converse com outros intercambistas para saber de suas experiências com a agência.

E, finalmente, esteja preparado para possíveis imprevistos. Carregue na bolsa o contato de emergência da sua agência, amigos e familiares. Eles poderão te ajudar a resolver problemas relacionados a essas questões mais burocráticas que temos dificuldades de entender.

5– Esteja aberto a novas experiências

A melhor forma de aproveitar um intercâmbio é estando aberto para isso! Então, se jogue nas oportunidades, participe de vários cursos e atividades, faça novos amigos, experimente a comida típica local, frequente festas culturais… não tenha medo!
São essas oportunidades que vão te dar histórias para contar quando voltar ao Brasil! Assim, na hora de fazer amigos, procure conhecer pessoas de diferentes países, com diferentes idiomas e culturas. Não tenha vergonha de falar errado ou agir de forma estranha. As pessoas sabem que você é de outra nacionalidade e vão estar dispostos a te ajudar, principalmente se você demonstrar interesse pela cultura do país. É dessa forma que você vai aprender muito e ter as experiências mais divertidas e enriquecedoras!

E aí? Está preparado para mergulhar DE CABEÇA nessa experiência? Com as nossas dicas, você já está cada vez mais perto de transformar o seu intercâmbio na melhor viagem da sua vida!

E se desejar mais tempo para se preparar, aprendendo inglês e espanhol, conte com a LondonEye! Temos aulas presenciais com professores preparadíssimos e conteúdos digitais que vão te ajudar a aprender esses idiomas de uma forma rápida e fácil! Dá uma olhadinha: 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *